BLOCOS

Goiarte – Soluções inovadoras em pré-fabricados – Goiânia – Góias

A Goiarte fabrica blocos de concreto para vedação, vedação aparente, estrutural, meio bloco e caneletas, nas dimensões adequadas e padronizadas para o seu projeto, que garantem uma construção rápida, eficiente, econômica, segura e limpa.

TIPOS DE BLOCO:

Vedação: vazado de concreto simples / aparente para alvenaria sem função estrutural (de acordo com a Associação Brasileira de Blocos de Concreto (ABNT)

Estrutural: vazado de concreto simples para alvenaria estrutural (de acordo com a Associação Brasileira de Blocos de Concreto (ABNT)

VANTAGENS NO USO DOS BLOCOS DE CONCRETO GOIARTE:

Economia: de até 30% em relação ao método construtivo convencional na obra, conforme a tabela a baixo:

img_economia

Tempo reduzido: para a construção da sua obra;

Redução do consumo: de argamassas de revestimento e assentamento;

Excelentes níveis de isolamento: tanto térmico como acústico;

Obras sem cortes de peças: através de projetos modulados;

Obras mais limpas: com redução dos índices de desperdício;

Produtos: de acordo com a Associação Brasileira de Blocos de Concreto (ABNT);

 

QUALIDADE ACIMA DE TUDO:

Os blocos de concreto da Goiarte são submetidos a um rigoroso sistema de controle de qualidade, desde a escolha das matérias primas até a entrega na obra:

LABORATORIO

• Controle da umidade no processo de curagem dos blocos;
• Central de agregados automatizada: proporciona a distri-buição exata da quantidade de areia, brita e cimento para a produção de cada tipo de bloco;
• Laboratório de Qualidade da Produção Goiarte, onde os blo-cos passam por diversos testes, visando a qualidade e confiabilidade dos nossos produtos;
• Sistema de rastreabilidade: garante identificar a produção em todas as etapas do processo produtivo até a entrega;

 

PROCESSO DE AMARRAÇÃO

amarracao

O processo de amarração é utilizado para a união de paredes, sem que haja a necessidade de fracionar blocos inteiros, para tal, são utilizados blocos compensadores.

Para a família 29, o bloco utilizado para amarração em “L” é o 14 x 19 x 29 cm e em “T” é o 14 x 19 x 44 cm. Na família 39 a amarração em “L” é feita pelo bloco 14 x 19 x 34 cm e a amarração em “T” pelo bloco 14 x 19 x 54 cm, conforme mostram as figuras abaixo;

 

ESPECIFICAÇÕES:


ESPECIFICACOES_canaletas

 

CARACTERÍSTICAS

tabela_bloco

selo_paver2

EXECUÇÃO DA ALVENARIA

Execução da 1ª fiada

EXECUCAO

Antes de iniciar a elevação da alvenaria, posicionam-se as linhas de pedreiro, para garantir o alinhamento e nivelamento das fiadas. A primeira fiada é assentada de maneira diferente das demais, como se segue:

1. Molhar a superfície do pavimento na direção da parede antes da aplicação da argamassa;
2. Aplicar a argamassa de assentamento na largura aproximada do bloco, criando um sulco com a extremidade da colher de pedreiro;
3. Para facilitar o assentamento dos blocos entre dois blocos estratégicos ou blocos mestres, pode-se criar referências (marcas a lápis na direção da parede), a cada 04 blocos;
4. Observar a amarração dos blocos conforme o projeto (plantas de primeira e segunda fiada e paginação);

 

Verificações importantes na execução da primeira fiada

foto_execucao32

1. Posição dos blocos com aberturas destinadas a limpeza dos pontos que serão grauteados;

2. Verificar locação e tolerâncias dimensionais dos vãos de portas (quando não for utilizado gabarito) e vãos destinados aos “shafts”;

3. Posição das instalações elétricas e hidro-sanitárias.

 

A execução da alvenaria a partir da segunda fiada torna-se automática, deve-se tomar o cuidado com:

1. Posição de tomadas e interruptores elétricos;
2. Componentes pré-fabricados de concreto ou argamassa armada, tais como quadros elétricos, visitas hidro-sanitárias, molduras para ar condicionado, contramarcos de janelas e contra-vergas de portas.;

 

Aplicação da argamassa

ARGAMASSA

1. A argamassa de assentamento deve ser aplicada nas paredes longitudinais, transversais e septos dos blocos, salvo se o projetista recomendar outra forma de aplicação;

2. Durante toda a etapa de elevação, o prumo, o nível e o alinhamento devem ser verificados de maneira constante através de régua-prumo-nível;

3. Antes do grauteamento vertical, deve-se fazer a limpeza no interior dos furos dos blocos para a retirada do excesso de argamassa de assentamento.

160
162
164